fbpx

5 dicas para escolher a faculdade ideal

5 dicas para escolher a faculdade ideal

Sumário

Gostaria de receber um desconto exclusivo?

Preencha o formulário abaixo e garanta já sua bolsa de até 50%.

Escolher o direcionamento da sua carreira profissional pode ser um desafio, por isso, é importante ter clareza sobre o que observar durante a escolha da instituição de ensino. Alguns fatores podem ser primordiais para definir sua vida estudantil, e isso inclui desde a qualidade de ensino até a estrutura da instituição. Por isso, saber escolher a faculdade ideal é algo para manter a atenção.

Em primeiro lugar, saber seus objetivos profissionais e estabelecer um plano de carreira, é uma forma muito eficiente de planejar seus próximos passos. Dessa forma, é possível definir suas prioridades e saber o que é importante para você em relação a onde estudar para atingir suas metas.

1 – Qualidade

(Imagem: Sincerely Media/Unsplash)

Pode parecer óbvio, mas muitas pessoas não sabem como realmente avaliar a qualidade de ensino de uma instituição de nível superior. E, não, só ser “conhecida” não é sinônimo de excelência.

É indispensável que a universidade ou faculdade seja reconhecida pelo Ministério da Educação. Isso é importante porque somente as instituições reconhecidas pelo MEC podem emitir diplomas. Dentro desse quesito, o MEC ainda pontua os cursos de cada instituição. Ou seja, cada graduação ou pós-graduação é avaliada separadamente pela qualidade. Para isso, são usados os seguintes quesitos:

  • Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) – prova de nível superior realizada de tempos em tempos por alunos no fim da graduação.
  • Conceito Preliminar do Curso (CPC) – cálculo realizado no ano seguinte ao Enade que leva em consideração, em cada curso avaliado, desempenho dos estudantes, corpo docente, infraestrutura, recursos didático-pedagógicos etc.
  • Conceito de Curso (CC) –  nota final do MEC para um curso.
  • Indicador de Diferença entre os Desempenhos Esperado e Observado (IDD) – mensura o quanto o curso agregou de valor ao estudante durante a graduação, considerando o desempenho no Enade e no Enem.

Assim, os cursos são graduados de 1 a 5 no IGC (Índice Geral de Cursos Avaliados da Instituição). Sendo:

1 ou 2 – insuficiente (neste caso, é possível que o curso seja indisponibilizado ou impossibilitado de ser ofertado no ano seguinte a avaliação);

3 – suficiente. Ou seja, atende aos requisitos mínimos demandados;

4 ou 5 – excelente. Em outras palavras, é recomendado pelo MEC.

É possível conferir as notas do MEC através deste site.

2 – Praticidade

Estudar requer esforço, entretanto, também é importante que a sua rotina seja condizente com o tempo em prol do aprendizado. Para isso, é preciso que os horários reservados para os seus estudos não entrem em conflito com o horário de outras tarefas como o trabalho e vice-versa.

(Imagem: Lagos Techie/Unsplash)

A praticidade do ensino oferecido é, então, algo extremamente relevante na escolha de uma instituição de ensino. Se você trabalha, então, é necessário um modelo de ensino que se adeque aos seus horários. Ou seja, quanto mais flexível sem perder a qualidade, melhor! E isso é indispensável na hora de escolher a faculdade ideal.

3 – Metodologia de ensino

(Imagem: John Schnobrich/Unsplash)

Em primeiro lugar, por mais que a universidade tenha um conceito positivo pela nota do MEC, pode ser que a metodologia de ensino não seja ideal para você. Assim, busque por vídeos, avaliações e até mesmo converse com a administração ou alguém responsável para tirar todas as suas dúvidas.

Um ambiente de estudos prático e bem estruturado, por exemplo, é indispensável independente da instituição. Por isso, é muito importante saber onde e quando poderá estudar. Dessa forma, entender a metodologia de ensino proporcionada pela instituição é importante para que você seja capaz de otimizar seu tempo de estudo.

4 – Reputação

Ter reconhecimento como universidade de qualidade e prestígio é algo para se ficar atento em relação à escolha da instituição que irá cursar seu ensino superior. Isso porque um dos meios mais eficientes (e antigos) de propaganda é a divulgação através de indicações.

Sabendo disso, ter uma universidade indicada a você e com boas referências é um bom sinal para dar uma olhada melhor no que essa instituição pode te oferecer quando se trata da sua educação. Só assim é possível entender como escolher a faculdade ideal para você.

5 – Programas de extensão

Além de serem uma forma de imersão, os programas de extensão podem ser uma ferramenta de contribuição para a sociedade. Trata-se de um programa cultural, científico e educacional que objetiva articular entre ensino e pesquisa, assim dando atenção à comunidade e se consagrando como uma ação social.

(Imagem: Elissa Garcia/Unsplash)

É uma forma representativa de apresentar o papel social da universidade por se abrir à participação da comunidade. Assim, é uma maneira de transformar a sociedade na qual a instituição se mostra presente.

Bônus

Você sabia que a Unicesumar é a melhor do Brasil segundo o MEC? Assim fica fácil escolher a faculdade ideal! Com professores mestres e doutores, metodologia exclusiva, material didático online e físico gratuito, além de plataforma digital qualificada para ensino, a Unicesumar ainda conta com NOTA MÁXIMA pelo Ministério da Educação (MEC), sendo a melhor EAD do Brasil. São mais de 180 cursos de pós-graduação e graduação, assim, a Unicesumar tem reconhecimento internacional e polos em todos os estados do Brasil.

Quer saber mais? Converse com um de nossos especialistas em carreira!