fbpx

Vale a pena fazer pós-graduação?

Vale a pena fazer pós-graduação?

Sumário

Gostaria de receber um desconto exclusivo?

Preencha o formulário abaixo e garanta já sua bolsa de até 50%.

Você sabia que realizar uma graduação é uma forma sólida de elevar o nível do seu currículo? No Brasil, o número de matrículas cresce a cada dia, especialmente nas instituições de ensino particular, de acordo com dados do Ministério da Educação. Por consequência, é possível imaginar que a especialização dentro da sua área de trabalho pode abrir ainda mais portas. Além disso, fazer pós-graduação é uma oportunidade para melhorar as chances de conseguir um trabalho melhor na área e até mesmo aumentar a faixa salarial. 

Todo mundo pode fazer uma pós-graduação?

A princípio, esta é uma dúvida muito recorrente. Mesmo como forma democrática de estudo, só é possível para graduados.

De acordo com a resolução CNE/CES nº 1/2018, antes mesmo de fazer sua inscrição no curso, parte da documentação exigida é justamente o diploma ou o histórico escolar, comprovando a conclusão da graduação.

Quais são os formatos de pós-graduação?

Se você nos acompanha, então já sabe o que é o EAD e como a educação a distância mudou o cenário da graduação, tornando mais acessível os estudos. Isso também acontece com a pós-graduação.

Há a possibilidade de fazer uma pós presencial, híbrido ou (nossa preferida) 100% digital. Claro, este formato varia de acordo com a instituição. Atualmente, a maioria dos cursos de especialização são EAD (a distância), no entanto, os da área de saúde, por exemplo, geralmente exigem algumas aulas práticas presenciais no Polo.

Sabe a diferença entre os TIPOS de pós-graduação?

  • Lato Sensu – Com uma tradução livre de “sentido amplo”, esta categoria é muito indicada para aqueles que desejam realizar uma especialização. Aqui, existem duas subdivisões, que são:
    • Especialização: com, no mínimo 360 horas de duração, quem realiza esta categoria recebe um certificado de especialista. Algumas profissões exigem uma especialização, como médicos e dentistas, mas é a oportunidade para outros se sobressair na carreira.
    • MBA:  também com duração mínima de 360 horas, a sigla vem de Mestre em Administração de Negócios, com o objetivo maior na gestão. Geralmente, esta opção conta com disciplinas como recursos humanos, finanças, marketing entre outros.
  • Stricto Sensu – A tradução do latim deste termo significa “sentido restrito”. Aqui, a pós-graduação tem como objetivo preparar profissionais para se tornarem pesquisadores ou professores universitários. Veja as opções:
    • Mestrado: seu objetivo principal é formar professores de Ensino Superior e pesquisadores. Com duração de dois anos, é necessário realizar um pré-projeto de pesquisa, além de fazer algumas entrevistas para ingressar. Depois de formado, o título é de mestre.
    • Doutorado: iniciado após a conclusão do mestrado, o doutorado tem duração de quatro anos. As faculdades realizam uma análise de currículo, aprovação do projeto de pesquisa e uma entrevista para o candidato ser aprovado.
    • Pós-doutorado: Trata-se da extensão de pesquisa do doutorado. Aqui, não é necessário realizar disciplinas ou que defenda uma nova tese, já que o objetivo é realizar uma pesquisa atualizada do problema.

E por que devo fazer uma pós-graduação?

Aposto que, quando você pensa em um motivo para fazer uma pós-graduação, a primeira coisa que vem à mente é a possibilidade de se destacar no mercado de trabalho. Isso, claro, é muito importante para a sua vida profissional. Então, dê uma olhada nas várias vantagens da especialização:

  • Educação continuada – Quando você escolhe fazer uma ou mais pós-graduações, fica evidente o seu interesse em ter uma trilha de educação continuada, ou seja, prova sua vontade de se atualizar cada vez mais. E se manter atualizado é fundamental para seu crescimento profissional.
    Quer um exemplo? Imagine alguém que se graduou em Educação Física, após perceber algumas mudanças no mercado de trabalho, este profissional pode e deve escolher uma área para se atualizar e ter um diferencial. Por isso, ter esse diferencial é importante.
  • Segmente sua carreira – Imagine a seguinte situação, um médico recém-formado, com conhecimento geral na profissão. Será que ele poderá atender como neurocirurgião?
    Caso ele opte por atender um número restrito de pacientes e queira trabalhar como especialista, nada mais justo que realizar um estudo específico. Assim, é possível realizar procedimentos específicos e melhorar seu rendimento, além de construir uma reputação relevante no mercado.
    O mesmo vale para outras áreas de graduação, não sendo possível, por exemplo, ser promovido em alguns cargos devido a falta de qualificação acadêmica.
  • Melhore o salário – Esta é uma excelente vantagem. Uma pesquisa mostrou que uma pessoa com graduação recebe 25% a mais que alguém que não tem. Já o pós-graduado pode ter um aumento de até 115%.
    Aqueles que almejam cargos de liderança, apresentar um MBA possibilita um aumento no salário de até 47%. Ou seja, a pós-graduação é um investimento para melhorar seu futuro financeiro.
Licenciatura, bacharelado e tecnólogo: qual é a diferença?

Educação de Qualidade

Independente de qual pós-graduação você optar, é indispensável escolher a melhor instituição. Com mais de 100 opções de especialização e mais 900 polos espalhados pelo país (e mundo), a instituição facilita ainda mais sua escolha.

A Unicesumar conta, primordialmente, com professores mestres e doutores, metodologia exclusiva, material didático online e físico gratuito, além de plataforma digital qualificada para ensino. Inclusive, somos NOTA MÁXIMA pelo Ministério da Educação (MEC), sendo a melhor EAD do Brasil. São mais de 180 cursos de pós-graduação e graduação, assim, a Unicesumar tem reconhecimento internacional e polos em todos os estados do Brasil.

Quer saber mais? Converse com um de nossos especialistas em carreira!